7 de set de 2010

A menina da Casa ao Lado.

A Menina da Casa ao Lado 

Branca, séria, misteriosa. Essas são as características que definem a casa da menina ao lado, e curiosamente a própria dona. Além da menina da casa ao lado e sua família viverem ali, outra coisa habitava o grande casarão antigo: um segredo. 
A velha e úmida cidade Fields tinha um problema: as estreitas calçadas que dificultavam a passagem das pessoas. E foi exatamente por causa disso que Teddy e Kaylla se conheceram: elas passavam desatentas, com pilhas de livros, dos quais as interessavam, e esbarraram-se. Teddy carregava livros sobre dança, caligrafia, artes. Já Kaylla, carregava Cd's e livros de rock, suspense e terror. Dois tipos de opiniões totalmente diferentes que dariam certo. 
- Ah, me desculpe, foi sem querer!- Disse Teddy, ainda escutando música com os fones de ouvido.
- Não, tudo bem. Eu sei como recolher meus livros sozinha. - Disse Kaylla, impaciente. 
Foi um momento rápido, mas com momentos o suficiente para que cada uma delas se olhassem nos olhos. Kaylla tinha um olhar sombrio, e ao mesmo tempo um olhar escondido, pronto para brilhar. Os atos tímidos eram uma tentativa inútil de tentar esconder o que a afastava de meninas normais, como Teddy.
De repente, Teddy sentiu-se forte, perto de Kaylla, e uma frase prevaleceu nas lembranças dela:
'Não há nada a temer, se não o próprio medo.'





Nenhum comentário: